PESQUISA

Nossas origens

Em 1999, em visita ao Brasil, é estabelecida a parceira com o Prof. Humbert LESCA, criador da Escola Francesa de Inteligência Antecipativa, através de um convite para ingressar na sua equipe de pesquisa (Laboratoire CERAG-UPMF-Grenoble). De 2000 a 2004, durante os anos de Doutoramento da Profa. Raquel na UPMF-Grenoble-França, cooperamos com a expansão e o aperfeiçoamento do método L.E.SCAnning. A partir do final de 2004, com o retorno ao Brasil, Raquel inicia a estruturação das atividades de Inteligência Estratégica Antecipativa (IEA). A partir de então, com a formação e orientação de alunos da Escola de Administração da UFRGS, o Lab é estruturado. Em 2015 é lançado o livro do método, e em 2017 é aberta a 1ª Turma de Especialização em Inteligência Estratégica. Ao longo destes 20 anos, muita produção científica foi publicada. Para acessar, clique AQUI ou site da Equipe Francesa.

Nosso foco

Nosso foco é estratégia, o que significa que buscamos entendimento sobre elementos macro, muitas vezes disruptivos, que podem modificar significativamente o ambiente de negócios. Pensar estrategicamente requer a compreensão do todo e a tomada de decisões deve ser guiada pelo desejo de posicionamento futuro. Nossas bases acadêmicas permitem uma profunda compreensão do assunto, enquanto que a experiência prática do grupo colabora com uma visão mais objetiva das necessidades das empresas e dos negócios. 

Linhas e Projetos de Pesquisas

Nossas principais linhas de pesquisa são: sinais fracos, monitoramento do ambiente, inteligência antecipativa, inteligência estratégica, inteligência coletiva e estudos futuros. Clique para conhecer nossos projetos atuais de pesquisa.

Pesquisas principais

Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado desenvolvidas no IEA Future Lab.  

Fatores influenciadores da cultura no processo de inteligência nas organizações.
VIVIAN AGUIAR DE SOUZA (2019). Orientação: Raquel Janissek-Muniz
Diagnóstico de pré-adoção do processo estruturado de Inteligência nas organizações. AMANDA CAINELLI (2018). Orientação: Raquel Janissek-Muniz
Gestão do conhecimento e Inteligência na atividade pública sob a perspectiva dos gestores públicos. CLÁUDIA MELATI (2017). Orientação: Raquel Janissek-Muniz
A Inteligência como capacidade dinâmica: uma relação do processo de monitoramento de ambiente externo e vantagem competitiva. ALESSANDRO ANTUNES BOCACCIO (2016). Orientação: Raquel Janissek-Muniz
Diagnóstico de monitoramento de empresas fabricantes de móveis planejados no RS. JUSSARA CANABARRO (2016). Orientação: Raquel Janissek-Muniz
Desenvolvimento das capacidades em processos de exploração de sinais fracos, sob a perspectiva da criação do conhecimento organizacional. LUCIANA NOGUEIRA BORTOLI (2016). Orientação: Raquel Janissek-Muniz
O uso de tecnologias de informação móveis e sem fio para ganho de agilidade em processos de coleta e repasse de sinais fracos. NATÁLIA MARRONI BORGES (2015). Orientação: Raquel Janissek-Muniz

ENTRE EM CONTATO

 End. Rua Washington Luis 855 - 311    Porto Alegre RS Brasil

Tel. +55 51 999.116.559

  • LinkedIn IEA Future Lab
  • IEA Future Lab
Bandeira do Brasil

© IEA Future Lab.